10 Mitos na Alimentação das Crianças

Dia 16 de Outubro é Dia Mundial da Alimentação. Por essa razão, este artigo é inteiramente dedicado à alimentação… dos mais pequenos! Leia este artigo e descubra a veracidade de algumas expressões que toda a gente fala!

blank

Descubra então os 10 Mitos de hoje e uma pequena explicação sobre eles:

1 – A salada de fruta faz mal.

Na sua generalidade esta afirmação é um mito! A salada de fruta não faz mal se respeitar algumas regras: evite o recurso a frutas em conserva, utilize fruta fresca! Não adicione açúcar na sua preparação. E respeite a quantidade, ingira uma porção semelhante a uma porção de fruta.

2 – O iogurte é a sobremesa ideal.

Os iogurtes são uma boa fonte de proteína alimentar, algumas vitaminas e minerais. Contudo, os minerais do iogurte podem competir para serem absorvidos com os minerais da carne ou do peixe. Pelo que, o ideal é que consiga evitar que o iogurte seja uma sobremesa e possa utilizá-lo como um alimento das refeições intercalares. Dada esta justificação, podemos considerar esta afirmação como um mito!

3 – Uma sopa substitui uma refeição.

Por norma, numa refeição principal são necessários três tipos de alimentos: os que fornecem proteína alimentar, os que fornecem hidratos de carbono e os vegetais. Se realizar uma refeição apenas com uma sopa, em que a mesma é composta por uma base de hortícolas, irão ficar em falta os outros dois nutrientes: a proteína alimentar e os hidratos de carbono. Assim, para uma alimentação equilibrada e completa, a sopa não substitui uma refeição. A afirmação é um mito!

4 – A cenoura faz bem aos olhos.

Todos os nossos órgãos funcionam com base em alguns nutrientes. A cenoura apresenta na sua composição um bom teor de vitamina A, que por sua vez tem um impacto positivo na nossa visão. Assim, esta expressão tão conhecida tem todo o sentido e corresponde a uma afirmação verdadeira!

5 – O ovo deve acompanhar sempre uma refeição de carne ou peixe.

O ovo, a carne e o peixe são todos alimentos ricos em proteína alimentar. Todas as pessoas necessitam de consumir uma determinada quantidade de proteína por refeição e por dia. O ovo não tem de acompanhar sempre a refeição de carne e peixe; só faz sentido que acompanhe aquando a necessidade de totalizar a quantidade de proteína que a pessoa necessita. A afirmação é então um mito!

6 – Se uma criança rejeitar um alimento duas vezes, deve desistir de lho oferecer.

Sabe quantas vezes uma criança pode rejeitar um alimento até aprender a gostar dele? IMENSAS! Não desista de lhe oferecer um alimento se a criança faz cara feia. Apresente-lhe o mesmo alimento de formas diferentes: em cru, cozido, misturado no arroz, misturado com a comida favorita… E ainda existe outra técnica: inclua a criança na preparação do alimento! Tenho a certeza que ela vai querer provar a obra prima que ajudou a mamã ou o papá a fazer. Assim, consideramos esta frase um mito!

7 – Se os sumos são de fruta, então não há problema que a criança o beba.

Em primeiro lugar, consumir sumo de fruta é diferente de consumir fruta fresca. E é sempre preferível optar pela fruta fresca e idealmente da época. Contudo, se gosta e quer saber qual a melhor opção, escolha os que são 100% fruta na sua composição, de forma a evitar preparados cheios de açúcar e gaseificados. Se o fizer em casa, não esprema… mas triture! Assim vai continuar a ter a peça de fruta “inteira”. Podemos considerar a frase indicada como um mito!

8 – Comer pão de leite ou comer pão fresco é igual em termos nutricionais.

Os pães frescos serão à partida melhores que os pães de longa duração, nos quais se incluem os famosos pães de leite. Por norma, os pães de leite tem um maior teor de gordura (que muitas vezes é utilizada como conservante) quando comparados com os pães ditos frescos; além disso, algumas marcas têm também adição de açúcar. Para algumas pessoas, o sabor dos pães de leite podem ser apelativos, mas em termos nutricionais eles são completamente diferentes. Por esta razão, esta afirmação é falsa, tratando-se de um mito.

9 – As crianças só devem beber quando têm sede.

A sede é já um indicativo de desidratação. As crianças devem beber pequenas quantidades de cada vez e frequentemente ao longo do dia, antecipando a sensação de sede. Entre os 2 e os 3 anos de idade a criança deve beber diariamente 1 litro de água e aumentar a quantidade com a idade e com as condições a que estão sujeitas (prática de exercício físico, situação clínica…). Assim, a afirmação é verdadeiramente um mito!

10 – As crianças não têm de comer feijão ou outras leguminosas.

O feijão é uma leguminosa. As leguminosas são um grupo da roda dos alimentos e são ricas em vários nutrientes como fibra alimentar, proteína e diferentes micronutrientes, que têm uma função importante na regulação intestinal, bem como outras funções! Idealmente, as crianças deverão comer uma porção de leguminosas pelo menos 3 vezes por semana. Assim sendo, afirmação em causa está errada e por isso é um mito!

Já aprendeu algo novo hoje? Boa! Deixe o seu comentário, dúvida e vá espreitando os novos artigos.

Referências: Carla Rego et al. Alimentação Saudável dos 0 aos 6 anos – Linhas de Orientação para Profissionais e Educadores. PNPAS, 2019; Pedro Graça et al. Hidratação Adequada em Meio Escolar – PNPAS, 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *